15.1.16

Desejos para um ano que chega

Nas últimas semanas estive tão ocupada, envolvida com festas de família, que nem tive tempo para avaliar o ano que passou ou pensar numa lista de metas. Geralmente gosto de anotar as coisas que pretendo fazer ao longo do novo ano, mesmo que a maioria delas eu nem chegue perto de cumprir. 

Para 2016, por exemplo, eu desejo ser menos sedentária, me alimentar melhor, seguir certinho os horários de estudo, assistir pelo menos um filme por mês, completar meu livro de colorir, escrever mais, me maquiar mais, terminar todos os livros que comecei a ler… Enfim, coisas simples.

O único problema é que esses pequenos desejos vão se perdendo no cansaço do dia a dia. A lista de metas vira uma frustração, outro ano termina e lá vamos nós escrever as mesmas coisas na esperança de que dessa vez elas se cumpram. 

Ou talvez não. Tudo é uma questão de força de vontade. 

Ser menos sedentária? Posso dar algumas voltas na praça, caso seja difícil demais entrar numa academia. Alimentação mais saudável? Perto da minha casa tem várias lojas de produtos naturais e orgânicos. Assistir filmes, ler mais, colorir, escrever? É só administrar melhor o meu tempo de noite. Me maquiar? Recentemente fiz um curso de automaquiagem, seria uma boa praticar o que aprendi e sair do básico. Estudar sério? Tem dias que a preguiça é grande, mas se eu não fizer isso por mim, ninguém vai.

É um novo ano, uma nova chance de criar bons hábitos (por falar nisso, já li que um hábito é criado depois de 21 dias consecutivos realizando a mesma tarefa), uma nova oportunidade para mudar a rotina. Quem sabe eu não consigo cumprir tudo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olar :)