17.4.16

Leituras de março

Olhe para mim, Jennifer Egan
Este é um livro que comprei por duas razões: estava muito barato e na hora lembrei que a autora tinha um Pulitzer. Pena que as vantagens terminem aqui. Achei a história toda muito chata, sem sentido e com personagens antipáticos. São muitas páginas para contar uma coisa confusa, tem uma porção de diálogos (até mesmo capítulos) que poderiam ser cortados, e só quase no final é que comecei a entender mais ou menos o que estava lendo. É uma espécie de crítica ao exibicionismo, essa coisa de pessoas comuns querendo ser famosas a todo custo, querendo viver como se a vida fosse um reality show. Nesse meio a autora ainda encaixa um terrorista para ligar as histórias paralelas e tornar o livro mais confuso. Da próxima vez é melhor eu prestar mais atenção nos livros baratos que encontro por aí, porque tempo é algo caro demais para se perder.

Um comentário:

  1. Nunca ouvi falar desse livro.
    Gostei da resenha simples, mesmo sendo uma resenha negativa!
    Beijos, Aline
    http://versoaleatorio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Olar :)