18.8.16

Você para mim foi o sol

Depois de terminar um livro muito bom, estou me sentindo órfã. 

Depois de Cem Anos de Solidão, meu segundo livro preferido no mundo se tornou O Sol é Para Todos

Depois que fui dormir tarde lendo os últimos capítulos, e olha que tentei arrastar a velocidade da leitura para segurar mais um pouquinho, acordei com a tarefa ingrata de escolher um novo livro. 

Daí que em todos os instantes de folga que tive no dia para pensar nisso, não consegui me decidir. 

Daí que daqui a pouco eu quero ir para a cama, e até agora, não consigo escolher um raio de livro para me acompanhar porque tenho certeza de que o próximo não será tão bom. 

Por um lado fico feliz por ter sido surpreendida com um livro tão mágico; por outro, fico com aquela tristezinha que bate no último dia de uma viagem incrível.

Mas que merda! Ainda não consegui decidir.

6 comentários:

  1. Acho que esse é um dos maiores dilemas na vida de um leitor: qual será o próximo livro?

    Também sofro MUITO com a escolha do próximo livro e por isso intercalo com uma coisa mais OU espero a vibe do livro terminado passar.

    ResponderExcluir
  2. É tão mais fácil quando a gente termina um livro ruim e aí se empolga porque começou a ler um bom. Consegui me decidir, mas a narrativa do livro que estou lendo agora não é tão interessante :~

    ResponderExcluir
  3. depois que li cem anos de solidao eu demorei alguns dias pra sair de macondo e voltar à realidade :')

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cem anos de solidão é quase impossível de se recuperar!! Amo tanto que já reli umas dez vezes <3

      Excluir

Olar :)