19.11.17

Descobertas literárias

– A parte de literatura latino-americana fica onde? – perguntei ao livreiro, na esperança de encontrar um exemplar perdido de Trilogia Suja de Havana.

– Dessa prateleira até aquela ali. – respondeu ele, apontando o lugar, mas sem dar muita atenção.

– Obrigada.

Não achei o livro que queria; estava em falta. Mas, fuçando as prateleiras, descobri que Tolstói deixou de ser russo. Se tornou “apenas um rapaz latino-americano, sem dinheiro no banco”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olar :)